Saiba quais os benefícios de colocar o CPF na nota!

Muito provavelmente você já deve ter ouvido a pergunta “deseja CPF na nota?” no caixa de algum estabelecimento comercial. Mas você sabe para que serve colocar o CPF na nota fiscal?

Os governos estaduais, com a intenção de conter a sonegação de impostos e aumentar o controle sobre a tributação fiscal dos estabelecimentos brasileiros, implantaram o sistema de CPF na nota.

Benefícios de colocar o CPF na nota
Benefícios de colocar o CPF na nota

Para atestar a veracidade da compra e dificultar fraudes, como a emissão de notas frias, é preciso inserir o CPF na nota no ato da compra.

Cada Estado brasileiro pode escolher se participam ou não do programa e quais as vantagens que são oferecidas ao cidadão que aceita colocar o seu CPF na nota fiscal. Por isso separamos alguns dos principais benefícios de colocar o CPF na nota. Confira:

Benefícios de colocar o CPF na nota – Descontos

Alguns estados brasileiros oferecem vários tipos de descontos para os cidadãos que colocam o CPF na nota. Os descontos podem acontecer no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do ano seguinte, no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) ou até mesmo na compra de livros.

Sorteios

A Secretaria da Fazenda organiza também um sistema de sorteios de prêmios que ocorrem mensalmente pela Loteria Federal. Alguns prêmios variam de 30 mil a 1 milhão de reais. Alguns estados também sorteiam ingressos para shows, jogos de futebol entre outros.

Resgatar créditos

Também é possível resgatar os créditos acumulados na nota fiscal a cada seis meses. Esse resgate é transferido diretamente para a conta bancária do consumidor, que deve ser informada ao fazer o cadastro no site da Secretaria da Fazenda do seu estado.

Ou seja, é transferido para a sua conta bancária os créditos acumulados de acordo com o valor proporcional da compra, que, dependendo do estado, varia entre 20% e 30%.

Doações

O consumidor cadastrado no programa do CPF na nota também pode se solidarizar ao selecionar algumas entidades, ONGs e instituições sociais para que elas recebam repasses financeiros como doações.

Como participar?

Para participar do programa, é preciso verificar se o seu estado aderiu ao CPF na nota. Se o governo estadual se inseriu nesse sistema, o consumidor deve fazer o cadastro no site da Sefaz.

Em seguida é só informar o CPF na nota fiscal ao estabelecimento comercial toda vez que fizer uma compra ou contratar um serviço. É importante lembrar que não importa se a compra é paga em dinheiro, cheque ou cartão de crédito. Feito isso, o comerciante é obrigado a registrar a venda.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 2

Saiba quais os benefícios de colocar o CPF na nota!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AVALIE:::